1001 palavras... Palavras para quê?

Pega-me... Arrasta-me... Leva-me contigo... Para sempre... Através do caminho da felicidade... Para esse cantinho só teu.. Chamado... Coração...

Name:
Location: Mértola, Alentejo, Portugal

Tuesday, December 21, 2004

Toranja - Lados Errados

"Neste infinito fim que nos alcançou
guardo uma lágrima vinda do fundo
guardo um sorriso virado para o mundo
guardo um sonho que nunca chegou

Na minha casa de paredes caídas
penduro espelhos cor de prata
guardo reflexos do canto que mata
guardo uma arca de rimas perdidas

Na praia deserta dos dias que passam
Falo ao mar de coisas que vi
Falo ao mar do que conheci...

No mundo onde tudo parece estar certo
guardo os defeitos que me atam ao chão
guardo muralhas feitas de cartão
guardo um olhar que parecia tão perto

Para o país do esquecer o nunca nascido
levo a espada e a armadura de ferro
levo o escudo e o cavalo negro
levo-te a ti... levo-te a ti para sempre comigo...

Na praia deserta dos dias que passam
Falo ao mar de coisas que senti
Falo ao mar do que nunca perdi.

Por trás do fim

Por trás do fim
Por trás de nós
Por trás de ti
Estamos só no que o dia quis deixar

Mais um tiro que marcou
Mais um grito que ficou
Põe a tempo a girar

Só queria estar bem aqui
Quando acabar vou querer ficar

Para quê ser mais alguém
Para quê fingir papéis
Se não vou viver de cor

Que é tão bom deixar andar
Deixar o tempo nos levar
Que eu não sei viver de cor...

Só queria estar bem aqui
Por acabar vou querer ficar

Já dançamos demais
Sorrimos demais
Vivemos demais
Agarrámos demais
Fugimos demais
Restou a saudade de ser... «demais»
demais,
demais,
demais..."

Para quem não sabe, o último espetáculo (sim, porque é muito mais que um concerto...) dos Toranja foi dia 19, na Aula Magna... e graças a ti, tive o prazer de lá estar... a todos vós vos garanto que foi o melhor concerto (Ok, Ok, eu faço-vos a vontade...) a que já assisti...
Mais uma vez, graças a ti... tem sido sempe graças a ti... ao contrário do primeiro verso, foi um sonho que, felizmente, acabou por chegar... porque sonhei um dia ser tão feliz como sou aqui contigo... mas, a pedido de uma leitora também de si especial, vou então mudar o assunto deste texto e "largar" por poucos minutos tudo o que sinto por ti...
Natal... Como ateu confessado, contínuo a não encontrar grandes motivos para esta quadra... janta-se com a família no dia 24, passa-se a meia-noite, abrem-se presentes, dão-se beijinhos e agradece-se... Não duvido que para os que O seguem, tudo isto tenha um significado especial, mas para mim... Mas outra questão se me coloca... Afinal, quem escreveu a bíblia foram... pessoas que não Deus... quem me garante a mim que não foi uma cambada de intrujões que resolveram escrever o que lhes parecia bem? Não quero ferir susceptibilidades, não é esse o meu obejctivo, no entanto... bem, whatever...
Passagem de ano... hoje ouvi uma opinião curiosa, que não deixa de ser verdadeira... foi algo do género: "para mim, a passagem de ano é apenas mais um motivo para tar com os amigos e beber uns balões"... realmente, se analisarmos friamente, é apenas mais um ano que se avizinha... o que tem de especial esta transição, esta entrada num ano novo? deseja-se um bom ano a pessoas que não queremos ver nem plas costas, fazem-se promessas que sabemos que não podemos cumprir... com que objectivo? realmente, é coisa que não consigo perceber... é giro tar com os amigos todos, mas será preciso uma desculpa como a passagem de ano ou o natal apra tarmos todos juntos? Será necessário o natal para se falar da amizade, fraternidade, ect., valores que deveriam ser os vigentes, que todos dizem ser os seus mas que, após o natal, se lançam em guerras desenfreadas por ninharias...
É, talvez, por isto que não consigo encarar o natal como uma epoca assim tão especial... soa-me a falsidade... realmente, os adultos estragaram tanta coisa...
Os adultos... o que é ser adulto? o que falta ao dito jovem para ser adulto? será que o jovem é um pré-adulto ou o adulto um pós-jovem? sinceramente não sei... mas também não me dou ao trabalho de pensar muito isso, deixo-os para os "intelectuais", para aqueles jovens que de terem tanto a mania que são adultos, conseguem não ser nem uma coisa nem outra... até parece, hoje em dia, que ser jovem é um crime, que vestir-se de maneira diferente é sinónimo de maluco, usar piercing sinónimo de drogado, vestir-se de negro sinónimo de frustrado... mas quem são voces para julgarem o que cada um sente? será que, por serem "maiores" se julgam capazes de julgar o que vai dentro de cada um de nós? tão cehios de tabús, de preconceitos rascas dignos de um antigo rei de Portugal...
Não sei, não tenho grandes temas para falar aqui... (a não ser o "tema proíbido"...LOL) não gosto de política, futebol não o considero grande tema para ser tratado aqui... sinto-me sem imaginação...
só mais uma coisa... AMO-TE...
(desculpem este texto tao desprovido de imaginação... :S)

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

aiii lindo tao pessimistaaaa :( eu concordo contigo ate certo ponto, acho q nao é preciso termos um dia pra pensarmos em tudo isso, mas :( bolas... num sei...

este comment vai ser rapido, ate porke tou com sono, cheguei a piouco de lagoa. acho mt mt mal q so tenhas dedicado dois paragrafos a sarita!!! mt mt mal! ai ai o menino :P

beijos grandes e te qdo voltares

December 29, 2004 at 12:34 AM  
Blogger xaiia said...

dscp just_a_girl..eu sei k krias k ele escrevesse sobre algo mais k n o k eu e ele sentimos um pelo otro ms n sei se isso incluia os meus coments..(hehe) por isso..:P..vou deixar aki umas palavrinhas pa ele...
cmo tu proprio ja disseste cd letra dos toranjat em algo a ver cmg...connosco...

Neste infinito fim que nos alcançou
guardo uma lágrima vinda do fundo
guardo um sorriso virado para o mundo
guardo um sonho que nunca chegou

sim..pk apesar de tudo guardo a lagrima vinda do fundo..guardo a lagrima k correu kd n te tinha a meu lado...guardo a lagrima que caiu e k cai sp k leio o que escreves...guardo a lagrima de felicidade que se solta por pensar que estas cmg..por saber que n poderia ser mais feliz..por te amar tt...
e cd uma dessas lagrimas estarao para sp guardadas...estarao p sp no meu coração...
ms alem das lagrimas guardo mt mais..."guardo o sorriso virado para o mundo" que tu me ensinaste a ter e a mostrar..akele sorriso k tenho nos labios cd vez k penso no nosso amor..akele sorriso k tanto gosto d olhar..o teu sorriso...o teu olhar sorrindo...guardo-os sp aki..junto ao coração..
ms infelizmente esta musica n acerta numa coisa...pk eu "guardo um sonho que" finalmente chegou..guardo-te a ti..para sp..no meu coração..nas minhas lembranças..no meu passado..no nosso futuro..e esse era o meu sonho..um sonho que finalmente chegou e k é agora vivido..por mim..por ti..por nos..

amo-te

January 13, 2005 at 12:29 PM  

Post a Comment

<< Home